Meus monstrinhos: Ansiedade

Ás vezes passamos por situações em nossa vida que nos fazem repensar tudo que acreditamos. Quando parecia certo, cada peça em seu devido lugar, ela vem. Sem explicação só chega e se acomoda.

Tem o peso de um elefante e a sutileza de uma borboleta, é convincente, passa com um olhar sorrateiro, pára exatamente na frente e senta, bem em cima de tudo aquilo que ia dar certo.

A nomeamos Ansiedade, mas seu nome não condiz, não é suficiente para definir o estrago que é capaz de causar. Ela é persuasiva, é o medo de não dar certo, é um monstro que tem acompanhante. Sempre vem de braços dados com a paranóia e esmagam desde sonhos complexos e profundos, à coisas simples do dia a dia.

Sempre com aquelas perguntas:_mas será que é isso mesmo? _ tem certeza de que está pronta? _ TEM CERTEZA?

No entanto, ela consegue até ser nossa ajudante, nos auxiliando na preparação de situações que realmente podem vir à acontecer de uma hora para outra. Só q ela virou um monstro para mim quando no final do dia ela não sumiu, nem no dia seguinte, ou no final de semana, ela se tornou uma preocupação constante, pressionando e me impedindo de completar a tarefa mais importante, viver.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Logo-Revista-02.png