18 Nov 2019

Please reload

Posts Recentes

5 Filmes Inspirados em Livros

9 Nov 2017

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

 

 

“O mar desgasta os penhascos, Emma, e os transforma em areia; do mesmo jeito, o amor nos desgasta e ataca nossas defesas.” - Julian Blackthorn

 

Já começo falando que a Cassandra Clare é, tipo, o amor da minha vida literária 😍, escritora da popular saga Os Instrumentos Mortais e claro, Dama da Meia-Noite, livro que vamos conhecer agora.

 

A trama da história gira em torno de Julian Blackthorn e Emma Carstairs, nossos protagonistas, que  possuem um amor proibido por causa do laço *Parabatai, mas vamos a mais detalhes.

 

*Simplificando, o laço Parabatai é a união de dois caçadores de sombras como companheiros de batalha, um eterno laço de amizade, e somente AMIZADE.

 

A  Guerra Maligna  foi um evento que marcou a história dos caçadores de sombras  pela morte de muitos guerreiros, incluindo o pai de Julian e os pais de Emma. Essas perdas uniram ainda mais os dois, decidindo assim se tornarem parabatai (aqui já podemos dá uma rápida olhadinha no Juramento Parabatai): 

 

“Rogo não deixá-lo,
ou voltar após segui-lo;
Pois, para onde fores, irei,
E onde estiver, estarei;
Os teus serão os meus,
e teu Deus, o meu Deus,
Onde morreres, eu morrerei, e lá serei enterrado.”

 

Diz aí se não é pura poesia 👏🏼👏🏼👏🏼

 

Continuando, Emma foi morar com o restante da família Blackthorn no Instituto de Los Angeles, criando familiaridade com as crianças, assim como Julian, que teve que criar seus quatro irmãos como filhos com apenas 12 anos, pois seu tio era recluso. Seu irmão mais velho foi sequestrado pela Caçada Selvagem e sua outra irmã mais velha foi exilada na ilha Wrangel. Eles  foram afastados da família pois tinham sangue de fada, sendo seus meio-irmãos. Esta herança sanguínea influenciou a Clave (governo dos Caçadores de sombras) a agir contra eles,  pois o povo das Fadas levou toda a responsabilidade da Guerra Maligna.

 

Ai, ai, tantos problemas tem o nosso pequeno Julian 😓. Sério, quando eu li sobre ele senti uma simpatia automática, mesmo com pouca idade e com o trauma de ter perdido o pai (sendo que foi ele mesmo que o matou, foi necessário gente 😞✊), Julian manteve sua família bem e unida. Além de ter tantos Blackthorns para cuidar e a paixão secreta por sua parabatai, [ALERTA DE SPOILER] ele ainda teve que administrar o Instituto praticamente sozinho, com uma ajuda do feiticeiro Malcolm Fade, pois seu tio há muito tempo não estava mentalmente estável, informação que nunca que a Clave poderia sonhar em saber.

 

Agora quem não quer guardar o Julian num potinho e proteger do mundo ?

 

Em seguida temos um aprofundamento nos outros irmãos Blackthorn. Onde Mark, o irmão sequestrado, tem chance de voltar para sua família. O problema é: ele passou muito tempo na Caçada Selvagem, será que mudou? Será que vai querer ficar? Independente disso, Julian fará de tudo para ter o seu irmão de volta.

 

Enquanto isso, Emma também tenta controlar seus sentimentos proibidos,  focando na investigação do assassinato dos seus pais.

 

Julian e Emma farão uma aliança com as Fadas, entrando numa investigação perigosa a fim de realizar seus objetivos.

 

Eles serão capazes de suportar toda a verdade que descobrirão 👀 ?!

 

Quando terminei essa obra da Cassandra Clare confirmei o que eu já sabia: ela é uma rainha da criatividade. Cada característica, cada detalhe foi pensado, só orgulho mesmo para sentir.

 

Enfim, vale muito a pena ler esse livro; Julian Blackthorn é amorzinho e uma história de amor proibido é sempre gostoso de ler. Recomendo que leiam as outras obras também, pois Dama da Meia-Noite pode ser considerado continuação de Os Instrumentos Mortais.

 

Boa leitura, mores 😉

 

Please reload

Please reload

Arquivo
Logo-Revista-02.png