18 Nov 2019

Please reload

Posts Recentes

5 Filmes Inspirados em Livros

9 Nov 2017

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Elas na Literatura: Lygia Fagundes Telles

 

 

A autora brasileira Lygia Fagundes Telles nasceu em São Paulo, mas passou parte da sua infância no interior do estado. Ainda no período da adolescência cresceu em Lygia a paixão e vocação para a literatura, a qual sempre foi incentivada por seus amigos mais próximos. Entre esses amigos estavam grandes escritores, como Carlos Drummond de Andrade e Érico Veríssimo. Entretanto, por um longo período a escritora rejeitou o seus próprios (e primeiros) escritos, ela alegava sempre que “a pouca idade não justifica o nascimento de textos prematuros, que deveriam continuar no limbo”. 

 

No entanto, a partir da década de 1970, se iniciou um período de intensa atividade literária, marcando o começo da consagração em sua carreira. Lygia publicou algum dos livros considerados com os mais importantes de sua carreira, entre eles Antes do Baile Verde (1970), no qual o conto que dá título ao livro recebeu o Primeiro Prêmio no Concurso Internacional de Escritoras, na França. Outro romance da autora que recebeu diversos prêmios foi As Meninas (1973), entre eles os Prêmios Jabuti, Coelho Neto da Academia Brasileira de Letras e “Ficção” da Associação Paulista de Críticos de Arte. 

 

Considerando que Lygia Fagundes Telles vivia a realidade uma escritora em um país do terceiro mundo, ela sempre viu sua obra como um resultado de uma natureza comprometida com a condição difícil do ser humano em um país tão frágil. Neste sentido, como uma participante ativa dessa sociedade, Lygia sempre buscou apresentar por meio da palavra escrita a realidade imersa em um mundo repleto de imaginário e fantasia. Além disso, a mesma declarou em uma entrevista: “A criação literária? O escritor pode ser louco, mas não enlouquece o leitor, ao contrário, pode até desviá-lo da loucura. O escritor pode ser corrompido, mas não corrompe. Pode ser solitário e triste e ainda assim vai alimentar o sonho daquele que está na solidão”. 

 

Lygia sempre foi uma fonte de grande inspiração na literatura brasileira. Mesmo após tantos anos suas obras continuam sendo um vínculo ímpar entre a realidade do país e o mundo mágico dos livros. Sua alma leve, seu jeito empático e sua personalidade marcante foram essenciais em cada palavra escrita por ela e estão presentes em todos os seus contos, romances e livros. 

 

Please reload

Please reload

Arquivo
Logo-Revista-02.png