30 Oct 2019

Please reload

Posts Recentes

5 Filmes Inspirados em Livros

9 Nov 2017

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

 

 

 

Olá pessoal, como vai o olfato de vocês?

 

Faz tempo que não escrevo uma resenha sobre um livro tão delicado e impolido ao mesmo tempo, hoje eu vim contar sobre Perfume - A história de um assassino, que se passa no século XVII na França, idealizado como um dos melhores lugares para compras de perfumes e aromas exóticos. 

 

(ATENÇÃO SPOILERS!!!) 

 

O livro conta a história de Jean-Baptiste Grenouille, nascido  em 1738 em Paris, época marcada pelas péssimas condições de higiene pessoal. Ele nasceu debaixo de uma barraca numa feira livre em meio aos peixes. Renegado desde bebê por sua mãe, que imaginou ter gerado outro filho morto, Grenouille carrega esse fardo por toda a sua vida. Sua mãe é morta devido à uma acusação de infanticídio, a partir daí Jean-Baptiste segue a vida sem conhecer o significado de lar, família ou amor.

 

Grenouille passa de mão em mão, até ser aceito como aprendiz de um perfumista em decadência de Paris. O protagonista aprende, dessa forma, as técnicas mais básicas de criação de aromas e ajuda seu mestre na reconquista da fama há tanto tempo perdida. 

 

Nessa época ele também descobre, com o dom do olfato, o delicioso odor de uma mulher, no qual, deseja extraí-lo. Enquanto Grenouille ajuda um marquês alcançar a tão desejada fama no meio científico, ele também cria uma fragrância humana para usar como seu aroma  natural.

 

Quando Jean-Baptiste parte para Grasse, metrópole da produção e comercialização de substâncias aromáticas, ele vai em busca do perfume perfeito “tão indescritivelmente bom e com tanta energia vital que quem o cheirasse ficaria enfeitiçado, ficaria sob um encantamento, tendo de amar de todo o coração o portador deste fantástico aroma, Grenouille”. É então que o protagonista começa a sua caçada assassina, roubando a essência de suas vítimas de forma cruel e impiedosa. Grenouille é condenado à forca por seus assassinatos, levando-o ao seu triste fim.

 

O livro foi adaptado por Tom Tykwer para um filme em 2007, estrelando Ben Whishaw, Alan Rickman, e Dustin Hoffman.

 

Em geral, é um livro que te faz suspirar do início ao fim, certamente foi uma das melhores histórias que tive o prazer de ler neste ano. Dividido em duas partes, ele traz uma narrativa muito bem detalhada, descrevendo cada parte como se o leitor estivesse dentro de cada capítulo. É claro que, depois que terminei de ler, o livro me propôs um sentido mais observador (principalmente em sentir aromas kkkkkk), de vez em quando, eu até gosto de brincar comigo mesma qual cheiro eu estou sentindo naquele momento, isto é, sempre que estou sozinha. Apesar de toda a história se tratar de um assassino e de narrar mortes constantes, ela relata com muita delicadeza as fragrâncias de cada pessoa e o poder que isso ocasiona. Dessa forma, cada um tem um aroma único, trazendo assim, lembranças, saudades, ou até mesmo, uma vontade incontrolável de ter o cheiro de outra pessoa hehe.

 

Please reload

Please reload

Arquivo
Logo-Revista-02.png