18 Nov 2019

Please reload

Posts Recentes

5 Filmes Inspirados em Livros

9 Nov 2017

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Reconstruindo Julieta

 

 

“Às vezes encontramos a pessoa capaz de nos transformar para sempre e, por um motivo ou por outro, ela não se torna parte da sua vida. O problema é: nunca nos esquecemos.”

 

Meu Romeu nos trouxe uma incrível história, porém inacabada. “Preciso te ver”, esta foi a última frase dita por Cassie, e nos deixou mega curiosos sobre o que aconteceria entre o casal. 

 

Apesar do livro conter o  mesmo estilo da narrativa anterior, um misto entre passado e presente, a autora nos apresenta personagens mudados com o tempo enfrentando seus fantasmas. Mostrando para todos não apenas um casal diferente daquele que vimos no primeiro livro, mas também uma diferença notável em todos os outros personagens.

 

Embora tenhamos visto nas últimas vezes uma Cassandra engraçada e de bem com a vida, nestas novas páginas ela é claramente o oposto. Devido à mágoa que guarda de Ethan (nosso querido e seduzente ator), Cassandra se torna uma pessoa fria e muito menos falante do que qualquer outro personagem envolvido na trama.

 

No decorrer da história, Leisa nos mostra magnificamente o passado, até então, misterioso de Ethan, e nos faz compreender melhor seu jeito de ser. Mesmo que estas experiências tenham sido traumatizantes, nada disso justifica o quão cuzão ele foi com Cassie e com tantas outras pessoas.

 

Holt recusou-se a amá-la por medo de sofrer novamente e por não conseguir lidar com seus próprios sentimentos. Arrependido, ele tenta de todas as maneiras se retratar e juntar os pedaços do coração partido de sua amada. Agora, ele finalmente é capaz de dizer tudo o que ela precisava ter ouvido naquela época. 

 

No entanto, teria ele mudado realmente aos olhos de Cassie ao ponto de fazê-la esquecer cada promessa não cumprida? Taylor seria capaz de perdoá-lo para enfim viverem o romance que ambos tanto queriam, agora, da maneira certa? Será que os amantes com destinos e corações entrelaçados poderão ficar finalmente juntos?

 

Leisa nos trouxe uma história de amor ainda mais apaixonante, cativante e com a química que poderíamos definir como uma usina nuclear prestes a explodir. Nos trouxe emoção, dor e sentimentos que jamais conseguiríamos explicar. 

 

Assim como Meu Romeu, o livro é cheio de energia e comoção, e nos faz pensar em umas das dificuldades que  enfrentamos diariamente e que nos faz sentir ainda mais vulneráveis: somos capazes de nos perdoar, e perdoar as outras pessoas por erros cometidos por ambas as partes?

 

Please reload

Please reload

Arquivo
Logo-Revista-02.png